Parabéns, Fernanda!

 

Confira o depoimento da Fernanda Ferreira dos Santos, professora de Língua Portuguesa:

"No último dia 27 defendi minha tese de doutorado intitulada Gustave Flaubert: uma literatura, uma encenação da leitura, obtendo a titulação de Doutora pelo Programa de Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês. Ela foi fruto de uma trajetória de 14 anos na Universidade de São Paulo, entre graduação, mestrado e doutorado, publicações em revistas, participações em congressos, monitorias em curso de graduação, workshops, participação em corpo editorial de revista acadêmica, leitura crítica de artigos, enfim, resultado de uma dedicação de 14 anos à vida acadêmica. Obviamente que esta dedicação não se encerra nesses 14 anos, começarei um projeto com uma colega, professora de uma universidade federal, para a tradução de uma obra de crítica francesa bem como estarei no corpo editorial do primeiro número de 2019 da Revista Criação e Crítica, do programa de Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês. Além disso, ainda há ideias para um pós-doutorado.

Na tese, estudei as questões relativas ao ato de leitura, buscando ler a obra de Flaubert, Bouvard et Pécuchet, como uma encenação proposta pelo autor do que seria o ato de ler, a leitura como uma personagem, como um elemento com o qual se vive, com o qual se convive, e não somente como um procedimento, como uma ferramenta de que o leitor se utiliza. Ela foi um desdobramento de minha dissertação de mestrado, quando analisei questões que concerniam ao trabalho de escrita, à construção da autoria. Assim, acabei, ao longo de minha trajetória acadêmica, centrando-me nesses dois pólos que envolvem o texto: emissor e receptor, para problematizá-los e procurar perceber diferentes formas de observá-los.

Aqui no Colégio Palmares sou professora da equipe de Língua Portuguesa."